Currículo do Grupo

>>Espetáculos

>>Intervenções

>>Premiações e indicações

>>Festivais e Mostras

>>Oficinas 

>>Residências

>>Ensaios críticos sobre o trabalho


 

Espetáculos

EVACUATION FRANKFURT (2014)

– espetáculo-intervenção concebido especialmente para o Projeto Evacuation Frankfurt, sob curadoria de Akira Takayama na cidade de Frankfurt e região do Rhein, com produção do Mousonturm Kunstlerhaus, 2014.

ARQUEOLOGIAS DO PRESENTE- A BATALHA DA MARIA ANTÔNIA (2013)

– espetáculo Imersivo, concebido especialmente para a I Bienal Internacional de Teatro da USP 2013 – Realidades Incendiárias.

– Apresentado no XI Circuito Tusp de Teatro em 2014.

– Indicado ao Prêmio de Melhor Dramaturgia pela Cooperativa Paulista de Teatro.

A MÁQUINA DO TEMPO (OU LONGO AGORA) ( 2012)

– projeto indicado ao Prêmio Governador do Estado 2013.

– projeto contemplado pela Lei de Fomento ao Teatro da Cidade de São Paulo, 18a edição em 2011;

– temporada 2012: A FESTA no espaço b_arco; O FAROL, percurso com início no hotel Sheraton; O ESPELHO no parque da Água Branca.

– Festival de Curitiba, 2013 com os experimentos A Festa e O Espelho.

– Performáticos Inquietos – Sesc Belenzinho A Festa 2013.

– É Logo Ali – Sesc Ipiranga com O Espelho 2014.

AQUIDENTRO AQUIFORA (2009)

– projeto contemplado pela Lei de Fomento ao Teatro da Cidade de São Paulo, 13a edição em 2008;

– pré-estréia em Munique 2009 no Festival Plus + Brasil;

– temporada 2009 no TUSP – Teatro da USP e na galeria Olido;

– adaptado para o FIT – Festival Internacional de Teatro de São José do Rio Preto em 2010;

– AquiFora – ganhador do prêmio da Cooperativa Paulista de Teatro de Melhor Ocupação de Espaço 2009;

– AquiFora – indicado como melhor espetáculo de rua no prêmio da Cooperativa Paulista de Teatro;

– selecionado entre os melhores espetáculos da última década na seleção do crítico Mauro Fernando para a edição de dez/2010 da Revista Cult.

9:50 QUALQUER SOFÁ (2007)

– projeto ganhador do PAC para montagem inédita em 2007;

– temporada na Associação Cultural Casa das Caldeiras 2007;

– apresentado no Feverestival de Barão Geraldo em 2008;

– apresentado no Fringe do Festival de Curitiba em 2008;

– temporada no TUSP 2009;

– realizou turnê por todo o Estado de São Paulo no projeto Viagem Teatral do SESI – 2010.

topo


 

 

Intervenções

Pausa para respirar (2010)

– criada para o SESC Consolação para o Dia Mundial da Saúde de 2010;

– viajou o Estado de São Paulo compondo a programação do Circuito SESC de Artes em 2010;

– compôs a programação de inauguração do SESC Belenzinho e da sede provisória do SESC Osasco;

– apresentações no SESC Bertioga.

Out of key(s) –  Fora de chave (2008)

– criada sob encomenda para o Urban Festival de Zagreb – Croácia. OPOVOEMPÉ foi o primeiro grupo brasileiro a participar deste importante festival de intervenção urbana;

– adaptada para a Mostra de Artes do SESC em 2008;

– apresentada no Festival PLUS + BR, em Munique, Alemanha em 2009;

– virada Cultural de 2010 – compôs programação da Pinacoteca do Estado.

Este sofá é pra contar (2008)

– compôs a Mostra de Repertório da Guerrilha Magnética no SESC Pinheiros em 2008;

– Festival de Curitiba em 2008.

O que se viu que você vê (2007)

– intervenção da Guerrilha Magnética;

– criada para o Evento VERBO da Galeria Vermelho;

– compôs a Mostra de Repertório da Guerrilha Magnética no SESC Pinheiros em 2008.

O que você não deixa para trás? (2006)

– intervenção da Guerrilha Magnética;

– criação inspirada na exposição fotográfica Deslocamentos de Marie Ange Bordas, com apoio da Caixa Cultural de SP;

– apresentações no Festivale, em São José dos Campos em 2008;

– esta intervenção derivou numa vídeo instalação exposta na Galeria Vermelho em 2007 e no SESC Pinheiros na Mostra de Repertório da Guerrilha Magnética em 2008.

Para onde você vai? (2006)

– criada para evento Verbo da Galeria Vermelho.

Janelas e Flanelas (2005)

– apresentada na Semana das Artes do Corpo, na PUC-SP.

A lista (2005)

– executada em feiras livres da Zona Oeste de São Paulo.

Congelados (2005)

– executada em supermercados da Zona Oeste de São Paulo.

topo


 

 

Festivais e Mostras

2013 – Festival de Curitiba com O Espelho e A Festa.

2014 – Cidade Ocupada, Sesc Campinas com a intervenção Fora de Chave;

2014 – Evacuation Frankfurt, com trabalho concebido especialmente para o projeto do Mousunturm Kunstlerhaus;

2014 – XI Circuito Tusp de Teatro com Arqueologias do Presente – A Batalha da Maria Antônia;

2013 – Metropolis Festival em Copenhagen, Dinamarca com evento especial- work in progress em colaboração com o TeaterKunst.

2013 – I Bienal Internacional de Teatro da USP com Arqueologias do Presente – A Batalha da Maria Antônia;

2013 – Circuito Cultural Paulista com Pausa para Respirar;

2013 – Festival de Curitiba com O Espelho e A Festa;

2010 – FIT com Aqui Dentro Aqui Fora 2010;

2010 – Viagem Teatral do SESI com 9:50 Qualquer Sofá;

2010 – Circuito SESC de Artes com Pausa para Respirar;

2009 – preview + BR Munique (Alemanha) intervenção resultante da oficina Me Mostre o Que Eu Não Vi, palestra e mostra de vídeo, pré-estréia do Aqui Dentro e intervenção “Out of Key(s);

2008 – Urban Festival na Croácia com Out of Key(s);

2008 – Mostra SESC de Artes com Out of Key(s);

2008 – Feverestival de Barão Geraldo com 9:50 qualquer Sofá;

2008 – FRINGE do Festival de Curitiba com 9:50 Qualquer Sofá e a intervenção Este Sofá é Para Contar;

2008 – Mostra de repertório da Guerrilha Magnética SESC Pinheiros;

2007 – Evento Verbo da Galeria Vermelho com O Que se Viu Que Você Vê;

2007 – Mobile Academy – Varsóvia, Polônia – a atriz-criadora Manuela Afonso e a atriz e diretora Cristiane Zuan Esteves participaram deste evento que reuniu artistas de todo o mundo. Fizeram o oficina de criação “City as stage” de Stefan Kaegi.

topo

 


Premiações e indicações

– Arqueologias do Presente – A Batalha da Maria Antônia – Indicado ao Prêmio de Melhor Dramaturgia pela Cooperativa Paulista de Teatro.

– Contemplado com D.I.V.A Residency Program para colaboração com o TeaterKunst, Copenhagen, Dinamarca, 2013

– A Máquina do Tempo (ou Longo Agora) – indicado ao Prêmio Governador do Estado de São Paulo;

– A Máquina do Tempo (ou Longo Agora) – projeto contemplado pela Lei de Fomento ao Teatro da Cidade de São Paulo em 2011;

– Programa de Apoio à Produção Artística Rumos Itaú Cultural Teatro 2010-2012. Projeto de intercâmbio artístico entre os grupos OPOVOEMPÉ e LUME – Unicamp;

– AquiDentro AquiFora – selecionado entre os melhores espetáculos da última década na seleção do crítico Mauro Fernando para a edição de dez/2010 da Revista Cult;

– AquiFora – ganhador do prêmio da Cooperativa Paulista de Teatro de Melhor Ocupação de Espaço em 2009;

– AquiFora – indicado como melhor espetáculo de rua no prêmio da Cooperativa Paulista de Teatro em 2009;

– AquiDentro AquiFora – projeto contemplado pela Lei de Fomento ao Teatro da Cidade de de São Paulo, 13a edição em 2008;

– 9:50 QUALQUER SOFÁ – espetáculo ganhador do PAC da Secretaria de Estado da Cultura em 2007.

topo


Oficinas

– oficina de intervenção urbana Me Mostre O Que Eu Não Vi em Munique (Alemanha) em 2009;

– Laboratório de Criação Me Mostre O Que Eu Não Vi na Oficina Cultural Oswald de Andrade

 

Residências

– Dinamarca – Diva Residency, Copenhaguen 2013.

– Alemanha – Lothringer 13 Munique 2009.

– São Paulo – Casa das Caldeiras 2005-2009.

 

Ensaios críticos sobre o trabalho

– Artigo Three São Paulo Theatre Companies, James Brennan, para a Revista Real Time,2010.

– Livro, “A interatividade, o controle da cena e o público como agente compositor”, organizado por Margarida Gandara Rauen (Margie), EDUFBA, 2010.

– Artigo From Vista to Pattern, Bypassing, Tomislav Medak, para o catálogo do URBAN Festival, 2008.

– Artigo What the Fuck is That? The Poetics of Ruptural Performance, Tony Perucci, para Liminalities: A journal of Performance Studies, 2009.

topo